Pular para o conteúdo

“Helvetica”, de Gary Hustwit. [download: filme]

HelveticaApesar de as chances de que alguém esteja se perguntando, “mas que porra é essa de Helvetica?” sejam muito maiores, eu garanto que para alguns que já lidaram em algum momento com design a pergunta deve estar sendo “é isso mesmo que eu li?”. Sim, é isso. “Helvetica” é mesmo um documentário sobre uma das fontes tipógraficas mais famosas do design gráfico mundial.
A princípio, pode-se pensar ser uma tarefa hercúlea transformar a história de uma fonte, possivelmente repleta de aspectos técnicos maçantes, em um documentário de 80 minutos. Contudo o filme de Hustwit não se propõe a fazer tão simplesmente isto. Além de fazer utilização cautelosa e parcimoniosa de detalhes técnicos meticulosos, Gary Hustwit ocupa muito pouco tempo de “Helvetica” com a gênese da fonte. Na verdade, o documentário tem como seu principal objetivo esclarecer a influência da Helvetica na renovação instaurada no mundo do design da última metade do século passado, bem como ilustrar o papel que a fonte desempenhou na construção da identidade de muitas corporações durante o mesmo período. Para tanto, o filme conta com entrevistas de renomados profissionais do mundo do design e da tipografia, e são estas entrevistas que acabam se tornando o grande atrativo do filme pelo conteúdo de algumas declarações dadas nos depoimentos: não apenas descobrimos que a Helvetica é a fonte mais amada e odiada do mundo, já que há aqueles que repudiam justamente uma das suas características mais celebradas, a simplicidade de suas fundações, como também nos é revelado que alguns designers e tipógrafos acreditam que o uso ostensivo da Helvetica na imagem corporativa, devido a clareza e solidez de seus traços, foi uma das forças motrizes na ascensão do capitalismo e, claro, da globalização. Tá certo que essa teoria soa um bocado forçada e quandriloquente, mas é exatamente a importância que o documentário e seus “documentados” dão à protagonista do longa-metragem, quer seja ela mais ou menos coerente, que faz do filme entretenimento descompromissado de primeira.
Baixe o filme utilizando os links a seguir.

http://www.megaupload.com/?d=SQQZ8LMF
http://www.megaupload.com/?d=3DIO3UGZ
http://www.megaupload.com/?d=UK4PDBGD
http://www.megaupload.com/?d=8U3IQXZM
http://www.megaupload.com/?d=G055WK6G
http://www.megaupload.com/?d=7P27UUHH
http://www.megaupload.com/?d=1EQVRAYP

legendas (português):
http://legendas.tv/info.php?d=b1ced0b6d7053db0a9a5c796a25bfda7&c=1

4 Comentários

  1. Paulo Paulo

    Ótima descrição do que pode ser um grande documentario, só que a parte 1 do arquivo via rapidshare, não existe… hahahaha.
    Abraços

  2. Winterwind Winterwind

    Muito obrigado por dares a conhecer que este tipo de documentários existem.
    estou desejando começar a vê-lo.
    Mil obrigados =D

  3. Aline Aline

    Muitooooooooooooooo Obrigado!!!
    Eu preciso desse documentario pra fazer um trabalho ^.^ e tb pq eu gostei muito dele.

    []’s

  4. Muito obrigado, estava procurando por esse documentário. Muito bom.
    Abraço. =]

Comente!