[05-Dec-2018 16:07:33 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php on line 3 [05-Dec-2018 19:45:53 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php on line 3 [07-Dec-2018 08:41:18 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php on line 3 The Boy / Dezembro 2008 (extra): todo Paulo Henrique [fotos] » seteventos Skip to content

The Boy / Dezembro 2008 (extra): todo Paulo Henrique [fotos]

Eu já desconfiava que o Terra, assim como fez ano passado, voltaria a disponibilizar um ensaio extra em Dezembro deste ano de 2008. Mas diferentemente do que aconteceu no final de 2007, Paulo Henrique, paulista de 21 aninhos, modelo “bônus” de 2008, é muito mais bonito e sexy. E com seus cabelos claros, seu rosto de traços extremamente masculinos, seus olhos castanhos de menino maroto, sua boca que guarda algo de malicioso e seu corpo vigorosamente malhado de pele branca pecaminosamente salpicada de pintas, o rapaz não deixa o nível cair no que tange à beleza do modelo do ensaio imediatamente anterior, exibindo sensualidade de sobra. Com esse moreno claro – digo isso apesar de ter certeza que para alguns ele é loiro – desmedidamente tesudo, não teria erro, era certeza de um ensaio perfeito – mas não foi isso que aconteceu.
Para minha surpresa, e imagino que de todos os leitores do seteventos.org, este ensaio marca o retorno do fotógrafo Cristiano ao The Boy, agora assinando como Cristiano Madureira. Ao que parece, a adição do sobrenome não é mero acaso, pois ela acompanha uma mudança no estilo do fotógrafo: nas fotos do Madureira não se encontra aquela lente que procura explorar no modelo poses provocantes, buscar em seus olhares expressões libidinosas e revelar seus corpos de modo ousado, apelando fortemente para a sexualidade. Pra vocês terem uma idéia, faltou no ensaio de Paulo Henrique uma coisa a qual já fomos ensinados a esperar em todos os ensaios do site: uma bela patolada e uma mão bem cheia do modelo dentro da cueca, sem pudores e sem timidez. Simplesmente não há sequer uma foto destas. E a clássica sessão com a sunga Adidas? Foi igualmente esquecida. Retratos (in)decentes com o modelo de pernas despudoradamente abertas, então, nem pensar. Onde foi parar o Cristiano daquelas pernas abertas com foco no volume de Vínícius Postiglione da quase total nudez explosivamente erótica de Rafael Monteiro, ou do registro ousado do volume algo excitado em fotos de Leandro Becker e de Rafael Branciforti? É tanta timidez e falta de vontade de explorar a óbvia beleza e sensualidade do rapaz que eu penso que um pintor renascentista teria sido menos pudico ao tirar estas fotos.
Também não ajudou nem um pouco a decisão bastante desmiolada de fotografar o rapaz no mesmo tipo de ambiente em quase todas as sessões do ensaio, e encarnando o mesmo “personagem”, um boxer, em quase todas as fotos. Dá a impressão de ser uma sessão de fotos na casa da Xuxa ou no estúdio do programa da Hebe ou do show do Roberto Carlos – porque, né, tanto branco vazando e cegando os olhos do espectador só vi nesses lugares até hoje. Essa falta de diversidade deixa as fotografias todas praticamente iguais, o que faz deste um ensaio muito cansativo e aborrecido. Apenas na última sessão do ensaio fechado é feita a mudança de setting para uma piscina – o que mostra que todo fotógrafo tem realmente uma paixão por este tipo de fotografia.
Como comentou o internauta demo one por email para mim, Cristiano perdeu muito daquilo que nos fez adorá-lo tanto. É realmente uma pena, pois Paulo Henrique não é um modelete qualquer ou um garoto de beleza razoável, como muitos que vimos neste ano de 2008 – o rapaz é um modelo de categoria, com uma beleza descomunal que poderia bem ter sido explorada de modo muito mais ousado. No entanto, mesmo indevidamente fotografada, é justamente a sua beleza e seu apelo sexual que não deixam este ensaio extra de 2008 ser um desastre – por mais sutil e deslibidinizado que Cristiano, agora Madureira, tenha voltado, ele mostra que ainda sabe escalar um homem bonito e gostoso para o The Boy.
Como sempre, me interessa saber se vocês tem a mesma opinião que eu sobre a beleza do modelo e, desta vez, sobre o retorno de Cristiano ao The Boy. Não sejam preguiçosos: peguem as fotos mas expressem sua opinião. Afinal de contas, seteventos.org é um blog.

Atualização (28/12/08 – 13:18hs): para minha surpresa e satisfação, o fotógrafo Cristiano entrou em contato comigo por e-mail, elucidando-me detalhadamente sobre suas intenções quando da produção deste ensaio, bem como trazendo ao meu conhecimento o contexto da produção deste e de qualquer outro ensaio para o The Boy, do Terra. Agradeço a desmedida consideração do fotógrafo, e quero dizer aos leitores do blog que tenho outra visão sobre o ensaio em questão, compreendendo melhor sua beleza.

Clique neste link para conferir o ensaio.

11 Comments

  1. Gus Gus

    Obrigado pelos filmes que estou baixando…

    Paulo Henrique é lindo!!!

    Para você, um ótimo final de ano e tudo de bom em 2009!

    Grande abraço!

    Gus

    • Obrigado, Gus!
      E agradeço os comentários que você sempre faz e as visitas ao blog.
      Um belo ano pra você também!

  2. filipe filipe

    sinto falta das fotos instigantes que o the boy costumava usar. aquelas que mostram tudo mas não mostram nada. que brincam com a imaginação é fazem babar.
    não essa coisa crua de simplesmente tirar a roupa do modelo e dizer: “vira aí pra eu tirar uma foto da sua bunda.”

    mas nesse ano de vários ensaios desagradáveis, esse acabou sendo um ótimo presente de natal.

    giovane, desejo um excelente fim de ano e 2009 pra você e que continue fazendo postagens tão boas quanto as desse ano.

    beijos a abraços

  3. Rei Rei

    Tipo.. eu gostei bastante.
    mas fica a sensação de que poderia sim ter explorado mais. Junto com o bernardo é o melhor modelo do ano(e esse ano tivemos Edilson).
    Mas esse Paulo aí… tem que voltar!!!

    Bjus Gio, Feliz 2009 e o seu blog é MARA!!

  4. marcelo marcelo

    Ok, Cristiano ligou, explicou, mas…. fotografia é uma forma de arte, né… e os ensaios do the boy se propõe a ser artísticos. E, pra mim, se a arte precisa ser EXPLICADA, já não é tão boa. Não sei o que disse Cristiano, mas concordo plenamente com o que você disse antes. Dá pra ser artístico, classudo e de bom gosto e ao mesmo tempo erótico e instigante. Só pra lembrar de alguns the boys memoráveis (e aqui refiro-me aos ensaios, e não necessáriamente aos modelos): além dos que você citou tem também o fabiano post (com umas fotos de sunga, sentado na calçada suado, debaixo de um sol de rachar, se molhando – coisa de looouco), raphael laus com aquela cara de bonzinho e cafa ao mesmo tempo, joão henrique (com vários ensaios de sunga, uma beleza brasileira e enoooorme), e por aí vai. Agora, esse último, me parece mesmo a transposição da estética do mundo da moda, das modelos anoréxicas e inexpressivas para o mundo masculino. Não há graça nenhuma nos braços esqueléticos, na brancura fantasmagórica e nas caras de quem-comeu-e-não-gostou das modettes, assim como não há graça nenhuma nos fundos brancos, e nos pedaços de corpo sem rosto das fotos sem alma do último the boy. Uma pena, porque o bofe até que é bom, né…
    Grande abraço, e parabéns pelo blog.

  5. Ray Light Ray Light

    Pois é, não gosto de ensaios vulgares, mas o “The Boy” esta tão mais do mesmo. Tem alguns modelos que são… desculpa a palavra… uma delicia, mas eles não aproveitam este sex apeal para fazer aquela foto, mas sem vulgarizar.

    Como você falou são vários modelos num fundo branco. Leva eles nas praia, na academia, na boate, no jardim… saiam do comum.

    Adoro o seu blog.

    Abraços

  6. jf jf

    Pode divulgar o que foi dito pelo cristiano? fiquei curioso para saber o outro lado da moeda…

    • Bem, JF, penso que isso seria uma indiscrição e um tanto quanto intrusivo, pois se ele quisesse que aquilo que ele disse fosse exposto à todos ele teria usado este espaço dos comentários, e não enviado em e-mail para mim, mantendo o conteúdo particular. Acho que já fiz aquilo que podia – com a permissão dele, que fique claro.

  7. andré andré

    bom..não sei o que ele disse, mas penso que se uma sessão de fotos precisa de explicação escrita para ser apreciada e entendida em sua totalidade, algo se perdeu durante sua realização.
    e nem é o caso de ser uma obra de vanguarda ou chocante que não estejamos prontos para receber..acho simplesmente que faltou algo mesmo.

  8. andré andré

    e nem o caso de eu querer fotos mais reveladoras nem nada..
    só achei q todas as sessões pareciam a msm coisa num estúdio com uma luz que nem dizia nada de nada..

  9. Rei Rei

    Ô Gio, não vai ter modelo de Janeiro/2009 não?

    to so esperandoo!

    bjus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *