[05-Dec-2018 16:07:33 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php on line 3 [05-Dec-2018 19:45:53 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php on line 3 [07-Dec-2018 08:41:18 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/g4tne7eenmo2/public_html/wp-content/themes/ritorna/inc/customizer.php on line 3 Arquivos the boy » Página 2 de 5 » seteventos Skip to content

Tag: the boy

The Boy / Novembro 2008: todo Lucas Resende [fotos]

No mês passado, quando vi que Barack Obama, disfarçado com o pseudônimo igualmente estranho de Nido Barroso, tinha sido contratado para o ensaio de outubro do The Boy, corri para o GarotoPop, o qual ando espiandinho desde que vi uns dois modelos bem jeitosinhos posando em dois meses seguidos por lá. Porém, eles conseguiram superar o desastre do Terra com louvor: o modelo do mês de outubro que pintou por lá só pode ser cantor de música brega. Não acredita? Então confere só que “séquissi” é o rapaz fazendo biquinho – mas, fica o aviso: arme-se de alho, água benta e crucifixo antes de clicar no link.
Pra resumir: vontade de escrever alguma coisa sobre o ensaio de outubro não havia. Só restava esperar o mês de novembro. E ele chegou.
Lucas Resende é o clicado deste mês. E o que dizer do rapaz? Pra mim ele é o homem do ÃO: bocão, narigão, maxilarzão, queixão, carão, cabelão, altão, troncudão. Desse jeito, ele bem que podia ser garoto-propaganda da mais recente campanha do Estadão, o jornal que pensa ÃO. Mas, na verdade, ele serve mais é pra estampar editorial de revista de fitness…ou panfleto de serviço de acompanhantes – é que as vezes eles usam o mesmo modelo pra ambas as coisas…ou o “modelo” faz jornada dupla, enfim. Fato é que, fora uma pose ou outra, o rapaz me parece um tanto quanto…mandrongão – eu sei, eu não consigo fugir do ÃO. Pior é quando você vê que, inspirado na viagem dos sonhos do rapaz – Texas – e no seu grande projeto de vida – ser cantor -, Didio, o fotógrafo do todo-poderoso do The Boy teve a idéia fabulosa de colocá-lo em cena como…cowboy. O problema em si não é o cowboy – isso até dá uma arejada nos nerds e surfistas que eles tanto adoram vestir os modelos -, mas o fato de que Lucas Resende, vestido assim, fica parecendo cantor de dupla sertaneja, e das piores. Mas como tem quem goste disso – valha-me deus! -, e porque o rapaz não é de todo ruim, disponibilizo abaixo o link para o ensaio deste mês do The Boy.

Clique neste link para conferir o ensaio.

9 Comments

The Boy / Setembro 2008: todo Felipe Torretta [fotos]

Quando olhei para a primeira foto – esta aí em cima – do ensaio apresentando o modelo Felipe Torretta no The Boy este mês, pensei de imediato: “Berenice, segura!”. A impressão que se tem olhando essa primeira imagem, com um modelo de feições aparentemente viris, com um corte de cabelo perfeito, levantando de modo insinuante a camisa para revelar um corpo que parece ser espetacular, é de que o rapaz é estonteante e de que o ensaio ficou fabuloso. Mas aí você olha a segunda sessão de fotos e, apesar da “comissão de frente” ficar linda empacotada em uma cueca branca da Calvin Klein, você fica achando que o rosto dele não é aquilo tudo e que ele é até um pouco magro demais. E logo vemos a terceira sessão de fotos, com o rapaz posando sob luz natural do sol, e já voltamos a achar ele interessante. Não demora muito e temos, depois de longo tempo, uma sessão de fotos com a famosa sunga Adidas, mas não apenas “faltou perna ali” – palavras de meu amigo Samir -, como também faltou um bocado de sensibilidade da equipe de produção sobre o melhor look do modelo, que certamente não é aquele com o cabelo arrumadinho de nerd – e assim se repete esse bate-e-volta de impressões positivas e negativas no ensaio todo.
Concluída completamente a desgutação, fica uma certeza: esse ensaio tão irregular do fotógrafo Felipe Lessa, com um modelo de beleza tão assimétrica – às vezes lindo, em outras bem pouco atraente – me levou a pensá-lo como a própria analogia da situação do The Boy nos últimos tempos: o site tem tanto a capacidade de surpreender maravilhosamente quanto, não duvido mais, de derrubar qualquer expectativa no momento seguinte. Pode ser que tenha sido sempre assim e só agora estou notando, mas fico com a impressão que não, até mesmo devido à algumas mudanças na estrutura e composição dos ensaios – vocês notaram, por exemplo, que desde o mês passado o número de fotos diminuiu consideravelmente? Sendo assim, é bom irmos nos acostumando com o fato de que toda a gama de possibilidades de equívocos que testemunhamos nos últimos meses – modelos fantásticos desperdiçados em ensaios pouco inspirados, ensaios muito inspirados desperdiçados com modelos nada fantásticos, falhas na seleção de modelos e no trabalho da equipe de produção – pode vir a se tornar a prática no melhor site de ensaios de toda a internet. Portanto, só resta aproveitar o que for bom em cada ensaio lançado, certo? Vamos começar por este aqui: aproveite o que lhe parecer interessante no ensaio aberto e deguste aquilo que for o melhor do ensaio nas fotos só para assinantes.

Clique neste link para conferir o ensaio.

9 Comments

The Boy / Agosto 2008: todo Edilson Nascimento [fotos]

Eu não sou um fashion junkie, por isso eu soube que o modelo deste mês do The Boy já é bastante conhecido no meio somente depois que li a mensagem do Demo One, que sempre me avisa dos ensaios do mês – e, por já saber que Edilson Nascimento é famoso, ele ainda apostou que o ensaio, mesmo nas fotos para assinantes, seria bastante tímido, sem grandes liberdades em revelar o corpo do modelo. De certa forma ele acertou: o fotógrafo Marcio Del Nero não exatamente deixa de revelar o corpo do rapaz, mas o faz em um número bem reduzido de fotos – há apenas duas sessões de fotos fechadas, e mesmo nas sessões abertas ao público da internet, o número de fotos é bastante reduzido. Eu não sei a que se deveu isso, se realmente foi interferência do modelo ou vontade do fotógrafo em fazer um ensaio de teores bem reduzidos, mas cheguei à uma conclusão depois de conferir o ensaio: esse não é o papel do The Boy. Eu explico: o The Boy não é uma revista de nú masculino, que procura arrebanhar “famosos” para saciar a curiosidade de seu público em conferir seus dotes físicos – ele é quem deve trazê-los para o conhecimento público, dando um impulso inicial para que realmente ganhem fama no meio. É isso o que sempre acaba acontecendo, e é essa a diversão de ver lojas como C&A e Riachuelo promoverem uma verdadeira guerra de modelos do The Boy em suas campanhas – ou alguém aí não viu os garotos propaganda destas lojas no dia dos pais, Raphael Laus e Rafael Monteiro, respectivamente, sem falar em Jonas Sulzbach como modelo de cuecas no encarte de uma das lojas? Eu não estou dizendo que estes modelos não eram famosos antes de seus ensaios fantásticos no site do Terra, mas que só realmente viraram referência de beleza nos domínios da internet depois disso.
Quanto à Edilson Nascimento em si, suas características físicas fogem um pouco do meu tipo, mas é sem dúvidas bonito, tendo sido melhor explorado no ensaio com camisa polo amarela e no que ele é fotografado deitado em um sofá: nestas imagens o fotógrafo soube realmente fazer uso de luz, de ângulos e de sua equipe de produção para revelar em Edilson uma masculinidade e beleza extremamente elegantes na primeira sessão e, na segunda, intensificar a sensualidade do garoto, que fica exuberantemente lindo quando dada a devida atenção ao seu cabelo vistoso e os traços fortes de sua boca e olhos.
Mesmo reconhecendo a qualidade de alguns ensaios, é preciso admitir que o The Boy anda meio perdido ultimamente: o site não sabe mais qual o seu perfil, quase que modificando seus parâmetros a cada ensaio. Só espero que a idéia deste mês, de aproveitar um modelo que já virou, de certo modo, fetiche de alguns sites de ensaios menos famosos e de revistas direcionadas ao público GLS, seja logo abandonada. Na minha opinião, o The Boy tem mesmo muito mais graça quando seus modelos são beldades bem menos visadas, por ele transformadas em referências: aí sim, tudo fica bem mais divertido – porque, como diz aquele velho slogan dos anos 80, “o primeiro Valisére a gente nunca esquece.”

Clique neste link para conferir o ensaio.

5 Comments

The Boy / Julho 2008: todo Caio De La Vega [fotos]

Início de mês, modelo novo no The Boy. Sucedendo Levy Christiano, que não foi nenhum estouro mas rende um caldo bastante generoso, temos o paulista Caio De La Vega. E quando descobri qual era o modelo deste mês, me veio logo à cabeça o comentário que um visitante do blog deixou no texto sobre o modelo do mês passado: “agora o ‘modelo’ só precisa ter uma barriga definida e uma carinha ‘bonita’, que já fotografam”. Concordo, destacando ainda mais as aspas do autor do comentário, que certamente deixam subentendida a observação de que às vezes a carinha bonita nem chega a ser tão bonita assim. Digo isso porque o meu problema mais evidente com o modelo deste mês é que algo no rosto dele não me agrada. Me parece que há muitos excessos ali: lábios demais, orelhas demais, olhos demais, nariz demais, sobrancelha demais. Ficou tudo tão acima da medida que parece que não sobra espaço na face, deixando a impressão de um rosto muito magro acomodado em uma cabeça grande. O corpo, como sempre, é melhor do que o meu, obviamente, mas corpo bonito e malhado todo mundo encontra com uma certa tranquilidade nas suas andanças cotidianas – isso chega até a ser balela hoje em dia. O que está faltando mesmo, e isso eu os visitantes estamos afirmando há algum tempo, é que os organizadores do The Boy não parecem estar encontrando – ou não parecem interessados em procurar – aqueles modelos que não deixam espaço para “senão”, aqueles que invocam uma unanimidade de imediato entre os admiradores do site de ensaios do Terra, devidamente laceados por um ensaio caprichado, inspirado. O trabalho que compete ao fotógrafo até que não está exatamente ruim, o maior problema é o modelo, mas mesmo o responsável pelas fotos teve seus momentos de insensatez ao enfiar o rapaz dentro de uma piscina com águas em plena agitação, sem parecer dar atenção ao fato de que nada além da água e da cabeça do rapaz podia ser visto nas fotos. Por mais que não estejamos interessados apenas em fotos sem qualquer criatividade do corpo do modelo, também deve-se preservar um equilíbrio na composição das fotos – só não fiquei tão irritado com essa liberdade pretensamente subversiva que desperdiçou uma sessão inteira de fotos, como fiquei quando o fotógrafo Cristiano teve a idéia estapafúrdia de fotografar Matheus Verdelho voando a quilômetros de distância em um balanço, porque Caio não entrou na minha lista de preferidos. Fosse ele um modelo espetacularmente lindo e tesudo, eu ia querer arrancar a cabeça do tal Felipe Lessa usando os meus dentes e usá-la como trava para a porta do meu banheiro.
Certo, eu sempre falo no Matheus, né? Vocês já devem estar cansados de tanto que eu me refiro ao ensaio do modelo como paradigma de perfeição do The Boy, e devem me achar um tarado pelo modelo loiro – o que não deixa de ser verdade – que, sem dúvidas, figura no panteão dos melhores do site. Porém, nem precisamos ser tão saudosistas, há modelos e ensaios tão fantásticos quanto este no espaço de pouco mais de um ano: o loiro belzebu enlouquecedoramente sexy Michael Horta, o moreno enormemente malicioso Fernando Sippel e o garotão arrasadoramente másculo Rodrigo Calazans, por exemplo, já entraram para o meu registro de memória afetiva (risos, por favor) do The Boy. Tenho certeza que há modelos tão tentadores quanto estes fazendo fila nas agências do país. Sendo assim, porque se contentar em convidar alguém que só vai servir pra fazer volume nos ensaios do ano? Já contamos com a injusta diferença no número de ensaios entre a versão feminina e masculina do site, e ainda assim eles se dão ao luxo de desperdiçar o ensaio mensal com um modelo e fotos que só podemos classificar como “bacaninha”? Se é pra ficar no feijão com arroz da plebe, renomeiem o site logo para “Garoto Pop” – porque, vamos combinar, eles parecem estar se esforçando pra nivelar o The Boy à sua concorrência novata e quase sempre um tanto ordinária. Me deu até vontade de ignorar o ensaio do mês, mas em respeito àqueles que sempre acabam gostando, fiquem à vontade para conferir o ensaio aberto e as fotos do ensaio fechado do modelo. Pra finalizar, eu só digo uma coisa: “nhé”. Porque é exatamente isso o que eu acho do modelo e do ensaio do mês – o que vocês acharam eu só vou poder saber, assim como os outros visitantes do blog, se vocês comentarem, né?

Clique neste link para conferir o ensaio.

4 Comments

The Boy / Junho 2008: todo Levy Christiano [fotos]

Não foi exatamente o que eu pedi no mês passado, mas Levy Christiano deu uma boa melhorada na impressão nada positiva que ficou com o ensaio anterior do The Boy. Primeiro, por causa da qualidade do modelo escolhido para este mês: apesar de não ser nenhum arroubo de masculinidade, sensualidade e beleza, o rapaz renderia uns belos dias ensolarados de diversão, tomando-se a devida cautela de orientar o mancebo para ostentar apenas e tão somente o seu look mais apetitoso. E segundo, porque o fotógrafo deste mês soube explorar o melhor do rapaz em seus cliques em frente à um espelho, refastelando-se em um sofá de couro, com o abdômen suado, deitado em uma cama, nu em cima de asfalto úmido e, principalmente, embaixo de uma ducha, trajando camisa e sungão branco ensopados, ora sob uma iluminação interna natural, ora sob uma luz projetada que realça os contornos e a silhueta do seu físico – sob a batuta de Didio, que já é autor de alguns ensaios no site, o modelo foi retratado com uma sensualidade e até mesmo alguma malícia que, a bem da verdade, não parecem ser naturalmente suas. Em outras palavras, com a devida produção e orientação, Levy Christiano desperta tesão suficiente para produzir a clássica cena do cigarro sendo lentamente tragado em meio a suspiros de aprovação depois de alguns solavancos animados em uma cama. Tudo bem. Talvez eu tenha exagerado, mas a diversão chegaria mesmo bem próxima da cena descrita acima…isso se o rapaz não insistir em trajar aquele inacreditável agasalho azul e vermelho medonho e chinfrim ou aquele óculos cafona combinado com o misto de calça social e cargo xadrez absolutamente empata-foda – porque, vou te contar, esse figurino infeliz é capaz de desanimar até o mais intrepitadamente tarado dos mortais. Certeza de que a sugestão genial do figurino destas duas sessões de fotos específicas deve ter sido do maquiador cujo trabalho irretocável conhecemos do ensaio de Vinícius Borges: ele deve ter sido “relocado” de função, depois da demonstração de competência no ensaio passado. Então, pra evitar mais estragos em ensaios posteriores, deixa eu dar o toque: o ex-maquiador-recém-habilitado-figurinista parece tão competente nessa função quanto na anterior! Fica a dica!
Agora, vamos todos esperar por um passo ainda mais adiante no próximo mês no The Boy, vislumbrando o retorno total à velha forma – e, porque não, voltar a lembrar o senhor todo-poderoso do The Boy que um ensaio nos moldes “reloaded” com os melhores modelos que aquelas câmeras tiveram o prazer invejável de retratar não seria má idéia nem de longe! Ainda mais se fosse um ensaio no estilo Greatest Hits, com os modelos mais retumbantes todos juntos numa pegaçãozinha soft-core em cima de uma imensa cama de dossel translúcido! Ok, eu exagerei de novo! Eu estava brincando quando disse “dossel translúcido”! Tudo culpa daquela clássica cena de “Fome de Viver”!

Clique neste link para conferir o ensaio.

5 Comments

The Boy / Maio de 2008: todo Vinícius Borges [fotos]

E ninguém esperava por essa. Tá certo que Tiago Botega não era nenhum supra-sumo da beleza e erotismo masculinos, mas ele tinha até cara de atôr porno do leste europeu. E com o que nos brinda o mais clássico dos sites de ensaio masculino de toda a internet, o The Boy, do Terra, neste mês de Maio? Com Vinícius Borges. Então, deixem eu lhes apresentar o garoto:

Sim, isso é um cravo.
Acompanhado de uma procissão de espinhas.
E as espinhas estão VIVAS. Amém!
Tenha cautela. Não se aproxime muito.
Vamos às considerações.

Primeiro as de caráter mais subjetivo. Se eu não disse antes, fica dito que dificilmente eu acho interessantes homens de cabelos cacheados ou fortemente ondulados – ainda mais quando eles insistem em preservar uma espécie de juba, sem ter a menor noção de que aquilo está muito longe de ser atraente. E o modelo deste mês é um retrato fiel do tipo de cabeleira que, a meu ver, interfere na beleza masculina.
No entanto, mesmo saindo do campo de gosto mais pessoal, existem problemas. Vejam bem: olhando com atenção para esse rapaz, não parece que ele foi recrutado para o ensaio por um “olheiro” enquanto este rapaz zanzava pela praça de alimentação de um shopping qualquer, com uma pasta da Positivo debaixo de um braço enquanto sorvia o resto de milkshake comprado no McDonalds? Ou pior: na saída de uma escola de ensino médio? É evidente que tem muito rapaz, e dos bem jovens, inacreditalvemente atraentes para sua idade em estabelecimentos de ensino secundário e shoppings, mas Vinícius é o exemplar típico de beleza mais ordinária – no sentido de “comum” e “casual” – que se pode encontrar nesses locais.
Mas o que pode ter passado pela cabeça do cara que organiza o The Boy para achar que este rapaz seria adequado para integrar a lista de beldades do site? Bem, primeiro, podemos pensar em um corte nos recursos financeiros disponibilizados pelo portal Terra para o seu site de ensaios. Acho esta uma possibilidade bastante improvável, mas vocês realmente prestaram atenção ali em cima nas espinhas e cravos no fulgor de sua glória em boa parte das fotos do ensaio? Assim, qualquer base ou pó de qualidade mais regular encobriria aquilo com uma certa tranquilidade. Agora, se eu estou sendo ingênuo quanto ao poder da maquiagem do século XXI sobre essa manifestação clássica de distúrbio hormonal adolescente, então a solução é simples: não contratem alguém com este tipo de problema. Fica parecendo ou desleixo da produção do ensaio ou uma certa displicência de quem seleciona os modelos.
Há uma outra possibilidade a ser considerada. O nosso adorado The Boy pode estar querendo mudar ou, ao menos, arrebanhar um outro tipo de público: o das moçoilinhas adolescentes que integra o grupo espectador de programas de televisão como Malhação, que são leitoras de períodicos como Capricho e fãs afoitas de bandas do naipe do RBD. Não se trata de uma generalização estúpida, mas da constatação de que, na sua grande maioria, é este o público ao qual a beleza lolítico-querubínica-sem-qualquer-ranço-de-malícia-e-erotismo de Vinícius agrada em cheio. Não é de se estranhar, portanto, que o rapaz tenha tão imensa semelhança com os integrantes menos inspirados (fisicamente) do elenco daquela insuportável novela vespertina global.
É uma tremenda bola fora. Claro, o ensaio anterior, pra mim, não foi exatamente um gol, mas um “chute a gol”. Porém, este aqui é quase um gol contra.
Então, vamos deixar um recado ao todo-poderoso do The Boy?
Eu começo.

“Querido senhor todo-poderoso do The Boy,
Quero lhe dizer que experimentação, ou pretensa experimentação, é coisa de bandas de rock e diretores do cinema de arte europeu. Se o seu objetivo era qualquer coisa perto de inovar ou radicalizar os paradigmas do nosso amado site The Boy, quero lhe dizer que este site é tão famoso justamente pelo respeito que tem aos “cânones da beleza masculina”. E este cânone, por sinal, foi em grande parte estabelecido pelo público masculino, e não o feminino. Então, vou deixar aqui o toque: espero no mês de Junho um modelo mas tão de “parar o trânsito”, que o recorde histórico do engarrafamento do trânsito de São Paulo vai parecer uma coisa à toa, algo como falta de vagas em estacionamento de padaria às 6 da tarde. E um ensaio de qualidade idem: inspirado, lascivo, malicioso, tentador, que me faça uivar em frente à tela do meu computador, que me cause uma cascata de feromônios líquidos escorrendo pelo meu corpo.
Acho que você entendeu, não é?
Um abraço!”

Agora eu passo a bola pra vocês: deixem aí seus recados para o senhor todo-poderoso. E comente positivamente quem gostou, né? Porque sempre tem aqueles que gostam.

Clique neste link para conferir o ensaio.

13 Comments

The Boy / Abril 2008: todo Tiago Botega [fotos]

Bem, não sei se vou realmente voltar a publicar frequentemente algo sobre os modelos do nosso adorável site de ensaios, como fazia antigamente, mas senti vontade de fazê-lo neste momento – e não exatamente pela qualidade do retratado. Então, vamos lá.
Primeiro, o design do site The Boy foi modificado, ganhando ares mais modernosos – e como o formato de endereços do ensaio e das fotos também foi modificado, demorei a saber que já tinha um moço me “esperando” por lá este mês (Obrigado por voltar e me dar o toque, Jaime! Coincidentemente, quando você voltou a responder, eu já estava fazendo upload das fotos e do vídeo para este post). Contudo, além do design, as fotos ganharam um reforcinho: ao invés de apenas dois pôsteres e wallpapers, agora são três de cada, sendo que o papel de parede ganhou ainda uma opção de resolução maior, 1280×1024 – mudanças como estas últimas, são sempre bem vindas, claro! Mas…e quanto ao modelo?
Ganha um doce quem disser primeiro o nome de um certo famoso ator pornô do leste europeu com quem o gaúcho Tiago Botega divide grande semelhança nas feições do rosto – não há como não fazer imediata associação e imaginar que ele teria futuro no mercado daquelas paragens…se bem que, com esse físico “mignon” ele seria imediatamente recrutado como “twink”, como gostam de dizer os americanos. Apesar dos dentes amareladinhos – hummm…cigarro? – o rapaz é bonito sim…mas falta um bom condimento no Tiago, ah, se falta! De qualquer modo, fica o elogio: belas coxas!
Quanto à qualidade do ensaio em si, lá se vão alguns meses sem o fotógrafo Cristiano, que tinha um olhar que explorava bem a beleza masculina – e, para ele ter sumido deste jeito, só pode ter casado e fugido com um dos últimos modelos que clicou para o site (risos). Porém, algumas partes do ensaio me chamaram a atenção: as fotos em preto e branco, ambientadas no interior de um carro. E sabem por quê? Ah, doces memórias afetivas (risos, de novo)! Já que prometi um doce agora há pouco, desta vez eu dou uma caixa de bombons Nestlé para o primeiro que disser o nome do modelo estupendamente lindo, sexy e com jeito de cafajeste que teve fotos clicadas dentro de um carro. Lembraram? Então, usem o espaço para comentários ali embaixo e digam! E as fotos no banho? Essas me lembraram logo um ensaio também clássico com outro modelo – quem adivinha? – que soube como ninguém portar uma inacreditável cara de safado enquanto se molhava de modo extremamente insinuante embaixo de um chuveiro – Cristiano, o saudoso fotógrafo, deve ter sido vítima de inúmeras fantasias eróticas depois daquelas fotos…

Aproveite quem curtiu o rapaz!

PS: eu estava sentindo falta de escrever algo sobre as beldades do The Boy. Talvez eu realmente volte a fazer isso todo mês. E o que vocês acharam do rapaz? Comentem, e respondam as minhas perguntas ali em cima. Quero nomes, nomes! Eu até poderia cumprir minha promessa e mandar o doce e a caixa de bombons, mas como vocês evitam usar um endereço de email que exista realmente, e que possa ser usado para eventual resposta – viu, seu Jaime? 😉 -, endereço pra enviar caixa de bombons vai ser bem difícil, né?

UPDATE: O Quiz The Boy (risos, again) foi devidamente respondido por um amigo meu internético de milênios – que me conheceu aqui pelo seteventos.org, diga-se. Mas, será que esse vale? Porque, assim, de tanto tempo que conversamos muito sobre tudo pelo MSN, ele até já sabe o que eu penso antes de eu proferir palavra. Bom, vou deixar as respostas. Tá valendo mesmo assim.
Matheus Verdelho – ensaio do carro (o Léo já tinha catado esta)
Raphael Laus – fotos no banho (vão lá no meu post antigo, caiam no álbum e revejam as ditas fotos…eu estou ou não estou certo sobre a cara de safado?)
Pavel Novotny – o ator pornô cujos traços o Tiago lembra, e muito.

Clique neste link para conferir o ensaio.

14 Comments

Galerias do blog: brisa soprando

As prioridades mudam: como vocês devem ter percebido, o blog deixou de celebrar tanto os famoso ensaios do The Boy e Paparazzo. Duas razões para tanto: os últimos modelos não me animaram tanto E eu deixei de ter acesso ao conteúdo para membros do Terra.
…mas agora eu consegui acesso novamente – não me perguntem como: o que eu fiz não foi nada bonito, apesar de não ter maiores consequências.
Mas como as prioridades continuam outras, resolvi adaptar esse conteúdo à esta fase do seteventos.org, para não decepcionar quem continua querendo as fotos por aqui: os homens agora vão ficar de castigo, ali em um setor da barra lateral do blog, embaixo do muso máximo do seteventos.org, que no momento é Matthew Fox, ou num local itinerante mais abaixo. Já podem conferir agora mesmo: os links dos álbuns dos atuais modelos do mês de Dezembro de 2006 do The Boy já podem ser acessados por ali, incluindo o conteúdo só para membros do Terra.

3 Comments

The Boy / Setembro 2006: todo Vinícius Naval [fotos]

Atrasado estou com o The Boy deste mês, mas agradeçam ao Cisoto pelas fotos restritas, já que não tenho mais meios de obtê-las. Vinícius Naval é o nome do rapaz, e este é um moreno mais mignon do que é costumeiro entre os modelos escolhidos para posar para o site do Terra. Vinícius tem um rosto lindo, que no entanto funciona muito mais em seu enquadramento frontal do que de perfil, por conta do nariz adunco e dos lábios muito finos – e sabendo deste problema, o fotógrafo Cristiano Madureira se utiliza muito mais da fronte do que de poses em perfil. O corpo, como já disse, também não é dos mais esculpidos, mas é gostoso o bastante e tem boa dose de pelos negros conferindo uma beleza menos artificial ao peito e abdômen do rapaz. Nas fotos do ensaio aberto o rapaz funciona ainda melhor vestido do que quando esta apenas de sunga: adorei as fotos dele com jeitão de “mauricinho”, trajando camisa polo e calça jeans, bem à vontade, esparramado em uma cadeira de madeira. E mesmo vestido, a garoto consegue ser bem sexy, escancarando uma abertura pra lá de devassa de suas pernas enquanto esta recostado em uma varanda – muito, mas muito convidativo. Nas fotos do ensaio fechado, o fotógrafo soube intensificar muito bem aquilo que são os predicados do rapaz: as fotos em que ele está de dorso nú, usando apenas jeans, em pose frontal, ele está delicioso. Na ensaio que explora o nú do rapaz, souberam fazê-lo de forma delicada mas sensual, com o rapaz apresentando um semblante tranquilo e pacífico, deitado um uma cama impecavelmente branca. Finalmente, nas clássicas fotos de cueca – que nunca podem faltar – o rapaz trata de travestir-se de maior malícia, mostrando o que não se via há um bom tempo no site: um modelo que mostra saber muito bem como segurar, de forma libidinosa e irresistível, o volume dentro de sua cueca – eu, particularmente, adorei.

Clique neste link para conferir o ensaio.

5 Comments

The Boy / Agosto 2006: todo Bruno Schuind [fotos]

Você já devem estar calvésimos de saber que eu sou mais chegado em morenos. Mas, vamos combinar que o loirão, que é o modelo deste mês do The Boy do Terra, não deve ser ignorado…eita! Visualizando o ensaio (a cargo do fotógrafo Cristiano Madureira) na ordem correta – incluindo aí as fotos restritas -, quem vê as imagens vai se surpreendendo pouco a pouco: primeiro você acha ele um loiro gostosinho, depois começa a avaliá-lo como um nerd tesudinho – ao menos eu acho que ele tem algo do tipo – e, a partir do ensaio quatro o rapaz começa a achar a linha certa, encarnando um tipão mais sedutor e malicioso. Dai para a frente a coisa vai muito bem até que, no ensaio onze, o galegão desnuda-se e mostra o corpão pra lá de sarado e, ainda por cima, faz cara de “tá esperando o quê?” – aí é covardia. Essa cara de “vem que eu te como TODO” é de deixar qualquer um se ardendo todinho. E o menino quer ser médico, vejam só. Imagine topar com um homem desses em um consultório ou uma emergência qualquer? Eu ia botar para funcionar toda a minha habilidade como ator e fingir uma dor lancinante qualquer pra ver se o rapaz não se compadecia e me presenteava com um sutil beijinho de língua para acalmar – e beijo de língua é sutil?? E quando ele fizesse a pergunta de praxe, “Onde está doendo?”, eu responderia, com o olhar mais doce e sôfrego do mundo, apontando no peito: “Aqui, um vazio imeeeeenso…..doutorrrrr!”. E se ele for meio nerd mesmo, como eu suspeito? Ai….eu passaria hoooooras ouvindo qualquer coisa desinteressante que ele disesse…só para ficar admirando aqueles pelinhos loiros, claro. Bobagens à parte, o rapaz é um prato saboroso, digno de se lamber com a língua – porque esse negócio de lamber com os olhos começa a encher o saco logo. Aproveite esse rapagão delicioso no álbum aberto e no álbum fechado com o conteúdo completo – e que conteúdo!!

Clique neste link para conferir o ensaio.

3 Comments